Juridiquês sem Mestre | Direito e Cidadania | Advogados SP

Magistrados lavajato e o cidadao comumPara você, leitor, que está se dando ao trabalho de ler este artigo, uma explicação inicial: o que digo aqui não tem conotação política. A preocupação que se reflete nestas palavras diz respeito ao dia a dia do Judiciário, na forma que alguns processos judiciais tem sido decididos, e o reflexo disso na distribuição da Justiça ao cidadão comum.

Cada vez mais os profissionais do direito estão se deparando com situações inusitadas, em que a opinião pessoal de um Juiz tem mais força do que o texto de lei. É comum hoje ir ao cartório de uma Vara Cível para entender porque determinado pedido, que tem base legal, foi negado e ouvir frases como “Ah, é que o juiz, Dr. Fulano, não entende desta forma”. Ora, mas como fica aquilo que a Lei entende como correto?

 

Published in Artigos