Quinta, 03 Março 2022 04:01

Marketing Jurídico: o que é e como funciona?

Escrito por
Avalie este item
(4 votos)

O escritório físico é um ponto de referência relevante para os clientes encontrarem seus advogados, mas agora o ambiente digital e o marketing jurídico oferecem oportunidades para que os profissionais de advocacia possam ser encontrados em diferentes mídias, facilitando -também - que as pessoas encontrem profissionais e informações legais com qualidade.

Assim, as estratégias de marketing jurídico podem ajudar o profissional e, consequentemente, o escritório a se consolidar como uma autoridade na área do direito em que atua, tendo relevância no mercado e atraindo mais clientes, ou mesmo na sua região, otimizando os atendimentos e conquistando novos clientes.

 

Para ampliar seu negócio, de acordo com as normas da OAB, e ter mais oportunidades junto a potenciais clientes, confira mais informações acerca do marketing jurídico e suas especificidades nos tópicos a seguir.

O que é o Marketing Jurídico?

Basicamente, o Marketing Jurídico é o nome das técnicas focadas em fortalecer a imagem dos advogados no meio digital, sem ferir a disciplina da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e o código de ética.

 

Com um bom planejamento e estratégias eficientes é possível conquistar novos clientes e ter diferenciais para se destacar perante os concorrentes.

A importância do Marketing Jurídico

Com o acesso à internet, as formas de se negociar mudaram e na advocacia não seria diferente.

Isto posto, o marketing jurídico é uma técnica que possibilita entregar valor aos clientes antes de fechar o negócio, expandir o alcance do escritório e possui outros benefícios como:

  • Aumenta a competitividade de mercado;
  • Melhora o relacionamento com o cliente;
  • Ajuda a conquistar metas e objetivos do escritório;
  • Possibilita fechar bons negócios com mais efetividade.

Código de ética e marketing jurídico?

Antes de começar a colocar em prática as estratégias, os profissionais precisam conhecer algumas barreiras legais que o código de ética da OAB impõe.

O código é uma referência para que os profissionais de direito entendam o que pode ou não ser feito quando o assunto é marketing no âmbito jurídico, e preza pela produção de materiais informativos para criar autoridade e relevância, e não a criação de publicidades que deem a entender causa ganha, por exemplo.

Ferramentas importantes no marketing jurídico

O marketing jurídico é dividido entre online e offline, e para cada estratégia existem ferramentas que podem ser utilizadas pela equipe de marketing do escritório ou por uma agência especializada.

No marketing offline é possível utilizar cartões de visita, marketing de recomendação (famoso boca a boca), palestras e eventos, entrevistas para veículos impressos e marketing de relacionamento (networking).

Já no marketing online as possibilidades são criar um blog ou site do escritório, além de desenvolver anúncios para plataformas diversas, como o Twitter Ads e redes sociais.

Mais ainda, é possível investir em ações de e-mail marketing, Google Ads, redes sociais (Linkedin, Instagram e Facebook), marketing de conteúdo, Whatsapp Business, podcasts, entre outras possibilidades, de modo a produzir materiais que possibilitem a interação e a criação de relacionamento com os potenciais clientes.

Como colocar em prática o Marketing Jurídico?

Os advogados que possuem um site ou blog, por exemplo, estão sempre preocupados em nutrir as páginas. Para conseguir chamar atenção dos futuros clientes, a estratégia de Marketing de Conteúdo é fundamental.

Essa é uma das estratégias mais bem vistas pela OAB, pois é por meio dela que os profissionais criam e oferecem conteúdos informativos para o público, criando um vínculo de valor. 

O conteúdo pode ser desenvolvido em formatos como vídeos para o Youtube ou Instagram, posts para blogs e redes sociais, textos, áudios para podcasts, entre outras possibilidades, conforme a estratégia traçada e o alcance que pode ser obtido junto aos potenciais clientes.

As principais vantagens desta estratégia são:

  • Aumenta o tráfego das redes sociais, sites e blogs;
  • Melhora o engajamento do negócio;
  • Aumenta a possibilidade de fechar novos contratos;
  • Impulsiona a geração de leads (potenciais clientes);
  • Educa o mercado;
  • Potencializa o brand awareness (consciência de marca).

Para que isso seja possível, algumas ações e estratégias precisam ser colocadas em prática, trazendo mais valor e segmentação às campanhas, bem como resultados mais efetivos. Confira os principais métodos e plataformas nos tópicos a seguir.

  1. SEO

O SEO (Search Engine Optimization) é um conjunto de estratégias que potencializam as páginas e blogs, visando melhorar o posicionamento nos resultados de busca. 

Sendo assim, utilizar palavras-chave ao longo dos textos, nos títulos e tags são formas de obter um bom ranqueamento com tráfego orgânico e conferir mais autoridade ao site.

  1. Inbound Marketing

As estratégias de Inbound Marketing se baseiam na criação e compartilhamento de conteúdo voltado para um público-alvo definido. 

O Inbound tem como foco maior engajamento, fortalecer o relacionamento com as pessoas e proporcionar uma comunicação aberta, sendo que o grande diferencial da estratégia é que o público é atraído de forma que procura voluntariamente a marca, neste caso o escritório de advocacia.

  1. Mídias sociais 

Os conteúdos precisam de uma distribuição eficiente para gerar os resultados desejados, integrando canais e melhorando experiências. 

Para que as ações de marketing jurídico atendam os objetivos do planejamento é importante encontrar meios mais adequados e com maior potencial de performance para a divulgação.

As redes sociais podem ajudar a impulsionar as ações, aumentando a credibilidade dos advogados e trazendo novos clientes para o escritório.

 

Considerações finais

Estes são apenas alguns exemplos de estratégias para criar excelentes ações de marketing jurídico para o seu escritório, transformando-o em uma referência tanto em sucesso de marketing quanto no atendimento aos clientes.

Portanto, conhecer as principais regras que a OAB determina para fazer marketing, dedicando tempo para elaborar um bom planejamento e com investimentos para as estratégias orgânicas e pagas, o seu escritório pode se tornar uma referência no mercado, com muitos clientes e gerando a lucratividade desejada.

Última modificação em Quinta, 03 Março 2022 21:58
Mario Solimene Filho

Mario Solimene Filho é advogado formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São  Paulo (Largo de São Francisco, turma de 1994). É especialista em Direito Privado, músico erudito e entusiasta das causas pelos Direitos Humanos. Está registrado na Ordem dos Advogados do Brasil, São Paulo, sob o número 136.987.

Confira também seu perfil no Linkedin.

https://solimene.adv.br

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.